Como reduzir e controlar custos no ambiente de nuvem

Quando começamos a utilizar algo na nuvem, seja na forma de pessoa física ou como empresas, nos atrai muito a ideia de poder pagar somente pelo que consumimos. Limitando-nos apenas ao ambiente empresarial, a infraestrutura tradicional (on premise) funcionava 24 horas por dia e sete dias por semana, e por ser que sua empresa não precisasse disso. Estamos de acordo, a vantagem da nuvem é pagar apenas pelo que consumimos, porém, existem muitas empresas que estão fugindo da nuvem devido aos altos custos e contas altas que tiveram de assumir pelo (mal) uso deste serviço. Mas não se preocupe, neste blog compartilhamos algumas dicas para evitar surpresas na nuvem:

  • Definir procedimentos. Definir procedimentos adequados de operação dos serviços cloud é fundamental. Como? Definindo uma boa metodologia de operação, um bom modelo de governança de IT e um bom modelo de governo cloud (como flexibilizar as capacidades, definir as horas de serviço…). Para isso, é importante contar com um provedor que, além de administrar o consumo da nuvem, também te acompanhe trazendo uma estratégia cloud integral.

  • Limitar o uso. Projetar e definir até onde podemos crescer em nuvem para que ela não funcione como um taxímetro rodando ou uma torneira de água aberta. Ao criar um ambiente de testes ou de desenvolvimento em uma empresa, por exemplo, precisa habilitá-lo apenas pelo tempo que for necessário.

  • Armazenamento na nuvem. No conceito de armazenamento na nuvem, existem diferentes TIERS de armazenamento que nos permitem ter um armazenamento mais econômico ou com menor rendimento. Podemos ter um armazenamento super rápido ou um menos rápido. A clareza no entendimento das políticas de cobrança por uso de cada hiper escalador é fundamental neste momento, e para controlar os custos da nuvem.

  • Finops ou operações financeiras na nuvem. Quando os serviços em nuvem crescem, é importante combinar as melhores práticas de administração com as melhores práticas de gerenciamento de custos financeiros também. Existem ferramentas que nos ajudam a administrar os custos na nuvem, alguns fornecedores possuem suas próprias ferramentas de gestão de custos na nuvem e também existem outras ferramentas de mercado que funcionam bem como ARNES ou SPOT. Como funcionam? Por exemplo, se consumir 200 mil dólares mensais em Cloud, a empresa lhe assessora sobre como diminuir 100 mil e ficar com aproximadamente 30% da economia, ou seja, ela ficaria com 30 mil dólares e você economiza 70 mil. 

 

SGX_logo_cloud_blanco

Como fazemos na Serban Group.

No SGX Cloud contamos com serviços de nuvem híbrida em um modelo de pagamento por uso. 

Oferecemos soluções dinâmicas que incluem uma nuvem privada 100% ou uma privada que se estende do ambiente privado ao público.


Temos um modelo de cobrança por consumo tão flexível que podemos inclusive atribuí-los de acordo com centros de custos da organização. Em nossos mais de 20 anos de experiência, temos alcançado otimizações de custos em nossos clientes de nuvem privada de até 40%.

Consulte-nos sem compromisso e te contamos como fazemos isso.

Quero uma consultoría personalizada!

 

Regressar ao blogue